Adoptando o Veganismo no Ano Novo: Sete Dicas para o Sucesso


Publicado: 2019-02-05


Por Virginia Messina, dietista e activista, co-autora dos livros Vegan for life, Vegan for Her, Never Too Late to Go Vegan, Even Vegans Die, e Protest Kitchen.

Quer esteja a atirar-se de cabeça para um estilo de vida vegano no ano novo, ou a iniciar uma transição para o veganismo durante os próximos meses, aqui estão sete dicas para aumentarem as suas hipóteses de sucesso.

 

Aprenda Sobre Nutrição

Você não precisa de saber muito, mas precisa de saber alguma coisa. A ideia de que o simples consumo de uma variedade de alimentos vegetais integrais irá magicamente ao encontro das suas necessidades de proteína, cálcio, ferro, e outros nutrientes, não é verdadeira e constitui aconselhamento perigoso. Para resumos rápidos do essencial veja o meu Prato Vegetal, a série Vegan 101 neste site, estas dicas para novos veganos, e este artigo mais exaustivo sobre nutrição vegana.

 

Modere as suas expectativas

Você não irá "desintoxicar" ao tornar-se vegano, e o seu corpo não está "viciado" em produtos lácteos. Você poderá sentir desejo destes alimentos (mais sobre isto em baixo) mas isso é diferente de ter sintomas reais de privação.

Do mesmo modo, você poderá ou não experienciar perda de peso ou benefícios de saúde ao tornar-se vegano. Se a sua pressão sanguínea e os seus níveis de colesterol baixarem (e eles poderão muito bem baixar), estas coisas são agradáveis bónus. Mas, se de alguma forma você não se achar com mais energia, pele límpida, e a cintura fina que esperava, isso não significa que a dieta vegana "não funciona". Uma dieta vegana funciona sempre porque reduz a sua contribuição para a exploração animal e atenua o seu impacto nas alterações climáticas.

 

Satisfaça os seus desejos

As carnes e os queijos vegetais podem ser eficazes em acrescentar de volta sabores e texturas das quais você poderá sentir falta ao tornar-se vegano. Eles variam bastante em qualidade, o que significa que você poderá ter de experimentar para encontrar aqueles que aprecia. Aqui está uma boa lista para o iniciar. Explore também alimentos que proporcionem o sabor/odor conhecido como umami. Os alimentos animais são ricos em umami, mas você poderá encontrá-lo também em alimentos vegetais. Finalmente, não limite as possibilidades culinárias de uma dieta vegana ao deixar-se arrastar por versões obsessivas das dietas à base de vegetais, como aquelas que limitam drasticamente as gorduras e os alimentos cozinhados. Estas abordagens não têm vantagens especiais sobre outros estilos veganos de se alimentar, e podem fazer com que seja mais difícil encontrar alimentos de que goste.

 

Comece com o que é mais fácil

A escolha mais fácil que você poderá fazer na sua transição para uma dieta vegana é provavelmente substituir o leite de vaca por algum tipo de leite vegetal. Uma vez que os leites vegetais são usados exactamente das mesmas maneiras que o leite de vaca, você não terá de aprender nada novo. Despejar leite de aveia nos seus cereais de pequeno-almoço é tão fácil como despejar leite de vaca neles. E tendo em conta a variedade de leites vegetais no mercado, é suficientemente fácil encontrar aqueles de que você gosta.

 

Comece também com o que tem o Maior Impacto

A mudança alimentar mais importante que você pode fazer é retirar a carne e os ovos das galinhas e dos perus dos seus menus. Estes animais sofrem grandemente na produção alimentar, e sofrem em enormes números. Eliminar os produtos das indústrias de galinha e peru é a atitude mais imediata e eficaz que você pode tomar contra esse sofrimento.

 

Honre as suas intenções e esforços

O veganismo é um posicionamento contra a exploração de animais. Não é um concurso de pureza pessoal. Qualquer esforço para afastar os seus hábitos de consumo da exploração animal é significativo. Se tiver deslizes nas suas escolhas alimentares de vez em quando, isso não significa que você é um "vegano falhado". Significa que os seus hábitos por vezes não acompanham os seus ideais e intenções, o que é verdade para a maior parte de nós em muitas áreas das nossas vidas. Isto, em particular, pode acontecer em situações sociais para os novos veganos. Mas, à medida que o mundo vai fazendo mudanças com vista a adoptar mais opções veganas, tornar-se-á mais fácil. Seja o que for que você estiver a fazer para possibilitar essa mudança é de valor. Isto não significa que você não se deva empenhar para fazer tantas escolhas veganas quanto for possível. Apenas significa que você não se deve auto repreender ou desistir do veganismo quando vacila.

 

Explore escolhas veganas para além da sua dieta

Se você estiver a ter dificuldades com algum aspecto da sua dieta vegana, coloque-o de lado por agora e explore algumas das outras formas através das quais você pode abordar a exploração animal. Descarregue uma aplicação que o irá ajudar a encontrar produtos de higiene pessoal livres de crueldade. Cancele a ida da sua família ao zoo, circo ou aquário, e dirija-se antes a um santuário de animais. Você tem verdadeiramente opções para fazer uma diferença pelos animais todos os dias. Não fique obcecado com o que é mais difícil mas, em vez disso, continue a avançar com todas as coisas que você consegue fazer. 

 

 

Tradução: Nuno Metello

Artigo traduzido com permissão da autora

Original: Going Vegan in the New Year: Seven Tips for Success